Meus vinte e poucos anos

Tem dias que me acho muito velha. Tem dias que me acho muito nova. Tenho um emprego que não é na área em que estudo. Me assusto quando penso que já vou me formar ano que vem. A expectativa e a sensação de não saber nada fica oscilando em meus pensamentos. Consegui um estágio em uma área que nem é a que eu pensava em trabalhar, mas espero aprender o máximo que puder. E vou ter que ficar mais tempo em frente ao computador do que esperava. Queria trabalhar na Funai, defender os índios, para que permaneçam com a sua cultura, mas será que é possível? Queria fazer monitoramento da fauna e da flora, mas nem tenho muitas aulas a respeito disso, e nem muitos lugares para aprender. Não aguento mais estudar sobre água.

Já pensei em desistir, já pensei em mudar de curso, já pensei em jogar todo estudo para o alto e me tonar maquiadora. Por que um hobby não pode se tornar profissão? O que me impede de fazer o que eu gosto? Não acho que seja muito tarde para mudar de carreira, mas eu gosto de estudar as matérias que tenho na faculdade.

Acredito que os dilemas dos vinte e poucos anos são maiores que os que eu tinha na adolescência. Já tenho muitas responsabilidades, mas não são suficientes para dizer que tenho uma profissão sólida. Devo estudar para concursos, ou tentar um emprego em uma empresa? As pessoas vão preferir contratar alguém que acabou de sair da faculdade ou alguém que já formou há muitos anos?

Pessoas com trinta anos queriam ter a energia das pessoas com vinte anos. Alguns acham que somos irresponsáveis, não aproveitamos o tempo como deveríamos, não somos tão dedicados, passamos muito tempo na frente de computadores. A tal geração “y” não tem concentração, mas faz muitas coisas ao mesmo tempo.

Como eu estou com vinte e poucos anos? Como eu estarei com trinta? Perguntas com respostas indefinidas, mas que podem mudar de acordo com mais organização, planejamento e esforço. Só sei que as vezes tenho medo de não estar no caminho certo, fazendo as coisas certas ou estudando o suficiente. São desafios, medos, estudos, trabalho e responsabilidades. Saber conciliar tudo isso sem descabelar já uma conquista.

Anúncios

Um comentário sobre “Meus vinte e poucos anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s